Como proteger nossos filhos de acidentes?
Fonte: http://discoverykidsbrasil.uol.com.br
Atualizado Dia: 02/07/2012 ás 15:32
Ver nossos filhos correndo e pulando nos dá um prazer enorme. Mas a autonomia que adquirem à medida que têm mais domínio sobre seu corpo deve ser acompanhada pela intensificação das medidas de segurança. Em casa Mantenha fora do alcance das crianças produtos de limpeza, inseticidas, tintas, cosméticos e medicamentos. Use sempre as bocas de trás do fogão e não deixe para fora os cabos de panelas e frigideiras. Controle todos os objetos que podem causar asfixia, como peças pequenas, sacos plásticos ou certos alimentos (azeitonas, nozes, uvas inteiras, doces duros, cenouras cruas ou salsicha). Nunca as deixe sozinhas na banheira ou piscina. Proteja janelas, escadas, terraços, sacadas e balcões com redes de segurança. Mantenha fora de seu alcance facas, tesouras e outros objetos cortantes. Coloque protetores nas tomadas e não deixe aparelhos elétricos ligados. Não deixe que brinquem com fósforos, isqueiros ou líquidos inflamáveis. Prenda à parede os móveis nos quais elas podem subir. Na rua Até os sete ou oito anos, nem sempre as crianças conseguem entender os sinais de trânsito. Por isso, é importante explicar a elas o que devem fazer. Além disso, as crianças são grandes imitadoras e é imprescindível que você respeite todas as leis de trânsito, sem exceção. Dê sempre a mão à criança quando estiver na rua. Atravesse a rua de forma segura pela faixa de pedestres e com luz verde. Sempre afivele o cinto de segurança quando a criança entrar no carro. Não levar crianças no banco dianteiro. No clube A criança não deve realizar nenhuma atividade física imediatamente depois de comer. Antes de praticar qualquer esporte, é fundamental fazer exercícios de aquecimento. Também é importante que a criança use roupas adequadas para a estação, beba muito líquido e descanse quando se sentir cansada. Quando estiver na piscina ou praticando esportes, certifique-se de que haja sempre um adulto supervisionando a atividade. Conselhos úteis Além de cuidar de seu filho, é importante que você lhe inspire confiança. Se estiver brincando sozinho, em um ambiente seguro e sob seu olhar atento, ele permanecerá dentro de seus limites. Mostre à criança onde ela pode brincar e onde não pode. Por exemplo, você pode brincar com ela no parque, mas não na rua. É aconselhável ensinar-lhe a observar à sua volta e a conversar com você enquanto passeiam. Quando estiver com outras crianças, preste atenção às conversas e provocações dos colegas (por exemplo: "você ainda não sabe acender um fósforo?"). Seu filho pode querer fazer coisas para as quais não está preparado. Quando mudar o ambiente ao qual ele está acostumado (por exemplo, durante as férias ou quando visitar outra casa), ensine-o e o acompanhe para que encare com segurança o novo ambiente. Uma criança está mais sujeita a cair quando está cansada. Deixe que a criança descubra quais são suas possibilidades. Impedi-la de aprender quais são seus limites muitas vezes pode provocar um acidente. Aceitar os arranhões e ferimentos leves faz parte da aprendizagem.
Inicial  |   A Empresa  |   Artigos e Notícias  |   Segurança do Trabalho  |   Medicina do Trabalho  |   Treinamentos  |   Galeria  |   Fale Conosco